Perguntas Frequentes

MODELO DE INVESTIMENTO

Alterações ao Modelo de Investimentos

Perguntas Frequentes – Alterações ao Modelo de Distribuição de Produtos de Investimento

1. Já respondi a um Questionário de Adequação no Bankinter. Este questionário será substituído/alterado?
Sim. O Questionário de Adequação vigente até dezembro de 2017 será substituído, a partir de janeiro de 2018, por dois novos Questionários (“Conhecimentos & Experiência” e “Idoneidade”) com perguntas diretas e intuitivas, e que serão utilizados em situações distintas.
O Questionário de Conhecimentos & Experiência aplicar-se-á sempre que esteja a adquirir produtos por sua iniciativa (ex: ações, obrigações)  e pretende avaliar o grau de conhecimentos e experiência que tem na família do produto que pretende adquirir.
O Questionário de Idoneidade aplicar-se-á sempre que estejamos perante um serviço de Consultoria para Investimento ou Gestão de Carteiras e incorpora a componente de Conhecimentos & Experiência, bem como perguntas sobre a sua Situação Financeira (nomeadamente a sua capacidade para suportar perdas) e Objetivos de Investimento (nomeadamente a sua tolerância ao risco).


2. Qual a importância da realização destes Questionários para a aquisição/adesão a produtos/serviços de investimento?
Estes questionários são fundamentais para aferir se um determinado produto ou serviço lhe é adequado. Deste modo, é fundamental que preste toda a informação solicitada de forma rigorosa e que proceda à sua atualização sempre que se verificar algum facto relevante na sua esfera financeira que altere a informação previamente fornecida ao Banco. Só deste modo, poderemos ajudá-lo a tomar as melhores decisões de investimento.


3. Se não responder aos questionários não poderei adquirir produtos de investimento?
No caso dos produtos adquiridos no âmbito de um serviço de Consultoria para Investimento ou Gestão de Carteiras, a ausência de resposta ao Questionário de Idoneidade impede a prossecução da aquisição/adesão aos respetivos produtos associados.
No caso dos produtos adquiridos por sua iniciativa (ex. ações, obrigações, ETF, …), em que solicitaremos a resposta ao Questionário de Conhecimentos & Experiência, a ausência de resposta implicará o caráter indeterminado dessa operação. Neste caso, poderá avançar com a operação por sua iniciativa, mas será alertado para o facto de não podermos avaliar o caráter adequado da operação.


4. Já respondi a um Questionário de Adequação no Bankinter. Caso queira adquirir ou reforçar um produto de investimento terei de preencher um novo Questionário?
Sim. Exceto no caso do Serviço Advisory cujos contratos tenham sido celebrados até ao final do ano de 2017, em que o atual questionário permitirá a realização de operações até ao fim de Março de 2018 ou até à validade do mesmo (o que acontecer primeiro).


5. Os novos Questionários são requeridos apenas para Produtos Financeiros Complexos?
Não. Os novos questionários serão necessários na aquisição/reforço de qualquer produto de investimento (complexo ou não complexo). Desta forma, terá informação adicional para a tomada de decisões de investimento sobre a adequação ou não do produto à sua situação específica. A decisão de avançar, com base nesta avaliação, será sempre sua.


6. Não tenho a intenção de adquirir novos produtos de investimento no curto prazo. Tenho de realizar algum dos novos Questionários
Não. Os novos questionários apenas são requeridos no caso de pretender adquirir/reforçar um produto de investimento.


7. O meu Questionário de Conhecimentos e Experiência será válido por dois anos. Significa que apenas no final deste prazo terei de atualizar a respetiva informação?
Não. Sempre que pretender adquirir um novo produto de investimento ser-lhe-á solicitado que responda às perguntas do Questionário de Conhecimentos e Experiência ou valide as respostas dadas anteriormente.

Os seus conhecimentos e experiência numa determinada família de produto não são estáticos, isto é, poderão existir eventos que alteram os seus conhecimentos ou a sua experiência:

Exemplo 1: realizou uma formação sobre ações, pelo que os seus conhecimentos nesta família aumentaram;

Exemplo 2: realizou mais transações sobre ações, pelo que a sua experiência nesta família aumentou.

Em ambos os casos, esta informação adicional dever ser incorporada nas respostas ao Questionário de Conhecimentos e Experiência.
 

8. No caso de um produto de investimento ser não adequado, poderei avançar com a aquisição/reforço do mesmo?
Se a iniciativa for sua, a decisão final será sempre sua. No entanto, não deixaremos de referir que um determinado produto não está adequado à sua situação específica.


9. No caso de pretender adquirir um produto estruturado no Bankinter, como terei de proceder?
Os produtos estruturados são Produtos Financeiros Complexos que o Bankinter constrói de modo a permitir aos seus Clientes aceder a soluções de investimento alternativas com algum nível de proteção face ao investimento direto nos mercados e com um retorno definido de acordo com a fórmula/condições pré-estabelecidas. Neste sentido, constituem soluções em que o Bankinter acredita poderem complementar a oferta tradicional de produtos de investimento, sendo importantes numa carteira de investimento diversificada. Tendo em conta todos estes fatores, o Bankinter coloca estes produtos em consultoria para investimento , solicitando ao Cliente informação sobre a sua situação financeira (nomeadamente capacidade para suportar perdas), objetivos de investimento (nomeadamente tolerância ao risco) e conhecimentos e experiência para produtos estruturados, de modo a assegurar que o produto é adequado ao Cliente. Este processo aplica-se também para outros produtos recomendados como, por exemplo, fundos perfilados e seguros Unit-Linked.


10. Não poderei adquirir produtos estruturados se os mesmos não forem adequados?
O Bankinter apenas recomendará produtos que se mostrem adequados. De qualquer modo, como a decisão final é sempre sua, se pretender efetuar a subscrição de produtos estruturados cujo resultado de avaliação não é  adequado, poderá fazê-lo, mas o Banco emitirá uma recomendação negativa sobre o produto e a sua aquisição/reforço será efetuada por sua exclusiva iniciativa.


11. Como saberei se um determinado produto é adequado?
O Bankinter providenciará um relatório de avaliação da adequação onde poderá verificar porque é que consideramos que um determinado produto é ou não adequado. De qualquer modo, para os produtos que apenas requeiram a avaliação de conhecimentos e experiência (por exemplo ações, obrigações, fundos de ações, ETFs, entre outros) a determinação do carácter adequado da operação resultará da avaliação que faremos dos seus conhecimentos e experiência sobre a família de produto em causa. No caso de produtos adquiridos no âmbito do serviço de consultoria de investimento (por exemplo, produtos estruturados, seguros de capitalização, entre outros) a adequação será suportada, não só pela avaliação dos conhecimentos e experiência, como também por outros fatores, nomeadamente, tolerância ao risco, prazo de investimento e necessidades de liquidez.


12. Utilizo o Bankinter Particulares para diversas operações, nomeadamente para adquirir produtos de investimento. Existem alterações neste serviço?
Sim. Como referido, sempre que adquirir qualquer produto de investimento vai ser requerida a realização de um Questionário de Conhecimentos e Experiência (para ações, fundos de investimento, …). Esta alteração também se aplica para os produtos adquiridos através do Bankinter Particulares.


13. Vai haver alguma alteração na constituição de Depósitos a Prazo?
Não. Os Depósitos a Prazo serão constituídos da mesma forma que atualmente.


14. Se pretender vender um produto de investimento, há alguma alteração na forma de realizar esta venda?
Não.
Com exceção da negociação de Valores Mobiliários cotados e Derivados realizadas por Pessoas Coletivas em que será necessário a obtenção de Código LEI.


15. Sou um Cliente conservador. No entanto, sou conhecedor do funcionamento dos mercados e, por vezes, gosto de investir com risco. Será possível adquirir produtos com diferentes níveis de risco consoante os meus objetivos de investimento?
Sim. Uma das principais alterações do novo modelo de investimentos prende-se com a possibilidade do Cliente solicitar ao Banco consultoria para investimento e definir diferentes objetivos de investimento, mais ou menos conservadores.


16. Na sequência da resposta anterior, significa que poderei investir a totalidade do meu património financeiro em produtos de risco mais elevado?
Por recomendação do Banco não o poderá fazer. Consideramos que deverá procurar sempre soluções diversificadas e evitar excesso de concentração em produtos de risco elevado, nomeadamente quando o contexto de mercado o justifique. Nesse sentido, definimos uma matriz de limites de investimento, sendo possível que, se pretender investir sempre de uma forma mais arriscada, o Banco não o recomende.
No entanto, por sua iniciativa, poderá sempre investir do modo que considerar mais ajustado, mas deve ter em conta esta preocupação de sobre-exposição a produtos de risco mais elevado.


17. Sou sócio de uma empresa com alguns excedentes de liquidez  para investir. Em que medida é que o novo modelo de investimentos impacta no negócio da minha empresa?
Neste novo modelo de investimentos, as Empresas podem adquirir produtos de investimento ou aderir a serviços de investimento desde que os respetivos estatutos não o limitem/impossibilitem. Será necessário que obtenha o código LEI (Legal Entity Identifier) para a negociação de Valores Mobiliários Cotados e Derivados.
No entanto, a aquisição/adesão a estes produtos/serviços de investimento, no caso dos Clientes Empresa, obedecerá a regras específicas associadas a este tipo de Clientes, nomeadamente na realização de questionários de Conhecimentos & Experiência e de Idoneidade.