FinTech

A tecnologia que faz dinheiro do dinheiro.

Megatendências Megatendências

Um modelo de negócio que concebe e aplica novas tecnologias às atividades financeiras e de investimento, tirando partido da utilização crescente das finanças digitais, mas apoiando-se, sobretudo, nas novas preferências dos consumidores.

Porquê investir nesta tendência?

• Adeus, numerário!
O aumento dos pagamentos eletrónicos é uma tendência global tão forte que se prevê que, em 2026, apenas 10% das transações serão feitas em numerário, um aumento que obrigará as empresas a aceitar e a integrar novas formas de pagamento eletrónico.

• Não está apenas a mudar a forma como pagamos, as FinTech estão presentes em todas as atividades financeiras.
Bancos digitais, empréstimos, crédito, plataformas de investimento, corretoras online, seguros, blockchain, criptomoedas, etc.

• Um público potencial de mais de 8.000 milhões de pessoas, a população mundial.
As estimativas do Banco Mundial indicam que 76% da população é titular de uma conta bancária.

  • 97%

    dos millennials utilizam serviços bancários online.

  • 82%

    dos consumidores (idades entre 18 e 20 anos) comprou um produto de serviços financeiros nos últimos 12 meses.

  • 78%

    dos consumidores preferem realizar as suas operações bancárias online.

  • 27%

    dos consumidores preferem que o seu banco seja totalmente online.

    Fonte: Blackrock

A inclusão financeira: o lado mais humano das FinTech.

• 24% da população mundial ainda não tem conta bancária.
Estes números do Banco Mundial mostram que ainda há muito a fazer e que é aqui que as FinTech oferecem soluções capazes de facilitar o acesso aos serviços financeiros.

• Uma tecnologia que quebra barreiras.
Uma alternativa real e cómoda para essa parte da população não bancarizada, principalmente devido à utilização gratuita de ferramentas digitais, à facilidade e rapidez na utilização das aplicações, aos requisitos mínimos de documentação de acesso e operacional, etc.

Contudo, há outro fator-chave na revolução FinTech: a obsolescência tecnológica.

Megatendências Megatendências

O risco que implica a utilização de sistemas antigos, sistemas informáticos desatualizados e difíceis de substituir, mas ainda operacionais, está a levar à externalização da tecnologia financeira a empresas especializadas que oferecem três soluções-chave aos seus clientes:

• Poupança:
Reduzindo os elevados custos de substituição e/ou atualização de sistemas e software.

• Segurança:
Reduzindo o risco operacional e, especialmente importante, as possíveis experiências negativas do consumidor.

• Conformidade com a legislação.
As empresas FinTech facilitam o cumprimento duma legislação em constante crescimento e evolução.

O setor financeiro é um dos principais focos de disrupção

Universo de investimento

O universo de investimento está centrado em empresas com capacidade para influenciar tanto a transformação tecnológica do sistema financeiro como o comportamento dos consumidores na utilização das suas finanças:

• Empresas que têm um impacto significativo nas diferentes áreas do sistema financeiro: pagamentos, banca digital, gestão digital do património e dos investimentos, insurtech, bem como fornecedores de tecnologia de empresas de serviços financeiros.

Empresas com um enfoque temático que adotem as mudanças no comportamento dos consumidores, favoreçam soluções digitais inovadoras em relação aos métodos tradicionais e impulsionem o crescimento a longo prazo das empresas de tecnologia financeira.

O que pensam os especialistas?

• A Mastercard e a Visa obtiveram lucros e crescimento estáveis ao longo do último ciclo financeiro desde 2005, crescendo em todos os anos, com exceção de 2020, o ano da pandemia. Um exemplo de como o investimento no setor financeiro pode beneficiar de dinâmicas menos cíclicas.

• No MSCI World, o índice bolsista que inclui mais de 1.600 empresas das 24 economias mais desenvolvidas do mundo, o setor financeiro representa 21% do índice.

2022: os lucros do setor financeiro foram de 6,5 biliões de dólares.

A configuração é necessária

A configuração é necessária

A configuração é necessária

A configuração é necessária

A configuração é necessária